passos para deixar de ser obeso

Hei, me chamo-me Anna Paula e eu trabalho como supervisora da filial da Emagrecentro no Jabaquara, o maior Centro de Emagrecimento e Estética do Brasil. Eu sou mamãe e guru da manutenção física nas horas vagas. Tenho uma vida bem saudável e tem como missão transformar vidas! este artigo é feito para você, aproveite…Hoje nos conversamos sobre passos para deixar de ser obeso, mas fique ligadinho, logo vai conhecer ainda mais

passos para deixar de ser obeso

Os Passos Fundamentais

  1. Retorno ao saldo perdido

    O objetivo terapêutico é o equilíbrio em todos os níveis. É necessário buscar todos os meios alimento e medicamento para ajudar a trazer o corpo a um estado de harmonia.

  1. Retorno ao peso normal

    O peso normal é aquele que corresponde à forma do corpo o mais próximo possível da forma harmoniosa possível. Nota: a) O sujeito teve peso normal; b) O peso normal anterior deve ser ajustado.

Na mulher :

  • 1 kg por cada dez anos desde a puberdade.

  • 1 kg por cada gravidez.

No homem :

  • 1 kg por cada cinco anos.
  1. Ação terapêutica

Duas regras são fundamentais

a) A busca necessária do equilíbrio não deve envolver terapias agressivas. A soma de dois equilíbrios (o que nos levou à obesidade mais o causado pelo tratamento) não será capaz de causar um equilíbrio, mas um duplo desequilíbrio.

b) O objetivo do medicamento é encontrar e utilizar os meios para corrigir as anomalias bioquímicas responsáveis pela doença.

passos para deixar de ser obeso

  1. Ação dietética

É necessário adaptar uma dieta correta para cada tipo de obesidade . Sais minerais, vitaminas e oligoelementos, bem como fibras, devem estar presentes em quantidade suficiente. As refeições devem ser três vezes por dia e devem ser consumidas lentamente. Mastiga bem. O álcool deve ser proibido, especialmente em obesidades abdominais com sonolência pós-prandial, pois são agravadas pelo álcool.

  1. Moderação calórica

É necessário sobretudo no apetite distorcido que se desenvolve na obesidade alimentar , localizada na parte alta do corpo. A dieta deve poupar entre 700 e 900 calorias por dia.

É necessário recomendar a eliminação de alimentos com elevado teor calórico : charcutaria, peixe fumado, sardinhas, atum, leguminosas secas, pão, farinha, gorduras, açúcar e frutos secos.

passos para deixar de ser obeso

Outros Passos Fundamentais

  1. Moderação do açúcar no sangue

A moderação glucêmica é destinada a indivíduos em que o metabolismo dos carboidratos está perturbado e quando as reservas podem ser consideradas normais, mas mal utilizadas (obesidade abdominal nervosa ou drogas e família constitucional).

Também é adequado para obesidade abdominal metabólica, prediabética e aterogênica . A ação dietética não tem valor curativo, embora seja necessário.

A restrição de açúcar deve ser moderada e não deve cair abaixo de 60 mg por dia.

É eficaz recomendar uma ou duas vezes por semana uma dieta totalmente desprovida de carboidratos por vinte e quatro horas. No entanto, essa moderação glicêmica não faz sentido se não for suportada por um tratamento das causas da obesidade .

passos para deixar de ser obeso

  1. Alimentos permitidos à vontade

  • Todas as carnes, incluindo aves e caça.

  • Lean delicatessen (presunto, salsicha, lombo recheado).

  • Todos os peixes: evite peixes maltratados.

  • Marisco.

  • Legumes verdes (espinafres, beringelas, aipo, cogumelos, couve, couve-flor, couve-de-bruxelas, endívias, espinafres, feijão verde, pepino, abobrinha, alho francês, pimentos).

  • Todas as crudités e saladas, temperadas com limão ou vinagrete e sempre com óleo vegetal.

  • Todos os queijos, excepto os de cabra.

  • Iogurtes e leite.

  • Manteiga.

  • Ovos.

  1. Alimentos que podem ser consumidos uma vez por semana

  • Alcachofras, beterrabas, cenouras, cebolas, ervilhas.

  • As frutas devem ser consumidas fora das refeições, sozinhas, sem qualquer outro acompanhamento alimentar. Máximo de duas peças por dia.

passos para deixar de ser obeso

  1. Alimentos não permitidos ou a serem consumidos com grande prudência

  • Farinha (arroz, batatas) uma vez por semana, sem exceder 100 g.

  • Amidos (grão-de-bico, feijão, lentilhas).

  • Consumir patés e charcutaria muito gordurosa com moderação.

  • Pão Só farinha integral e 50 g para o pequeno-almoço.

  • Nozes (máximo uma vez por semana).

  • Sorvete e sorvetes com açúcar.

  • Álcool, sumos de fruta.

.

Deixe um comentário