Propriedades da água mineral

Hei, está tudo bem? me chamo-me Anna Paula e eu trabalho como gerente em clínica Emagrecentro Jabaquara, o maior Centro de Emagrecimento e Estética do Brasil. Eu sou mamãe e guru da manutenção física nas horas vagas. Tenho uma vida ativa e bem saudável e tem como missão transformar vidas! este artigo é feito para você, aproveite…Hoje falamos sobre propriedades da água mineral, mas fique ligadinho, logo vai conhecer ainda mais

 

O homem pré-histórico concebeu a água , juntamente com o fogo, como um elemento vital por excelência. E, de fato, ele tinha intuitivamente compreendido a noção de que sem água a vida não existe e desaparece. Vida biológica, queremos dizer.

Leonardo da Vinci, por sua vez, descreveu-a assim:

A água sobe facilmente, pela acção do calor, como vapor fino no ar. O frio congela. A estabilidade corrompe-o. Assume toda a cor, calor, sabor. Mas só por precaução, não tem nenhum.

Mas este conceito é bastante erróneo, dado que toda a água tem as características do terreno de onde provém. A observação poderia ser válida talvez para as águas destiladas, adequadas apenas para a bateria do carro e não para o organismo, que necessita dos sais minerais que toda a água mais ainda a térmica se dissolveu em si mesma. Referimo-nos a sódio, potássio, lítio, amônio, magnésio, estrôncio, cálcio, ferro, cloro, manganês, iodo, flúor, bromo, enxofre e outros minerais.

Propriedades da água mineral

Proteínas de ovos e leite

Existem águas de mesa e águas terapêuticas:

Existem águas termais minerais, oligominerais e hipominerais com maior ou menor teor de sais que permitem ao organismo manter um certo “tom vital”, a fim de eliminar os resíduos tóxicos do metabolismo e do desgaste dos diferentes aparelhos.

Estas águas são especialmente adequadas para estimular a diurese lenta (excreção de urina) e para prevenir doenças em diferentes partes do corpo.

Para poder capturar o mecanismo das águas medicinais, é necessário lembrar a forma de assimilação da água introduzida no corpo, que se distribui em três setores diferentes na forma de água de formação, impregnação e circulação. A primeira é a que entra na formação normal de células e tecidos, a segunda é a que ocupa os espaços intercelulares, a terceira foge pela torrente circulatória e seus líquidos. O fluxo de água no corpo é um mecanismo controlado por processos químicos, físicos e biológicos.

Propriedades da água mineral

Propriedades do iogurte

Mas vamos acompanhar de perto esta excitante viagem de água através do organismo. Na prática, quando chega ao estômago, é imediatamente assimilado ao longo do seu trajeto através do trato digestivo. Sucessivamente introduzido nas veias, chega ao fígado, onde é filtrado e vertido na corrente sanguínea. É quando o sangue recebe o “golpe de água” (hidremia). O sangue é liberado desse excesso de água devolvendo-o aos tecidos, que o devolvem com os resíduos do metabolismo para enviar aos rins.

Este jogo de água lembra-nos a vazante e o fluxo do mar que limpa a praia do lixo. Os fisiologistas falam de “lavar o organismo”. uma espécie de diurese interna que ocorre dentro dos tecidos para desintoxicar primeiro o organismo em seus lugares mais remotos, esperando pela diurese renal que completa o trabalho.

Propriedades da água mineral

Propriedades do queijo

A água promove trocas osmóticas rápidas entre o sangue e os tecidos, estimulando também os processos enzimáticos oxidativos. Muitas águas minerais têm ação diurética, devido à rápida absorção de água, pois são ricas em lítio. A presença de cálcio também favorece a diurese, uma vez que o cálcio provoca uma deslocação do sódio e consequente perda de água pelos tecidos. A acção terapêutica destas águas teria então lugar nos rins.

Deixe um comentário