Propriedades da manteiga

Ei, gente, está tudo bem? o meu nome é Anna Paula, assumi como gestora da unidade Emagrecentro no Jabaquara. Eu sou mãe e guru da fitness nas horas vagas. Levo uma vida ativa e saudável e sou apaixonada por novos desafios, este blog é feito para você, aproveite…Hoje nos referimos a propriedades da manteiga, mas fique ligadinho, logo vai conhecer ainda mais

Os glóbulos de gordura contidos no creme de leite são aqueles que produzem manteiga, que contém 80 a 90 por cento de gordura, e depois albumina, lactose e sais minerais.

Mais detalhadamente, a manteiga é formada por ésteres de glicerina ou glicerol e ácidos graxos (glicerídeos). Os ácidos gordos que esterificam a glicerina são numerosos: ácido butírico, ácido isocaproico, ácido caprílico, ácido caprílico, ácido láurico, ácido mirístico, ácido palmítico, ácido oleico, ácido esteárico, ácido araquídico. Também encontramos um fosfoglicérido, glicerina.

Propriedades da manteiga

Metafísica dos Alimentos

Na sua assimilação, a manteiga é mais digerível do que outras gorduras e o seu tempo no estômago é inferior a estas. Nas suas vantagens e desvantagens, existem tanto defensores como detractores. Na Nova Zelândia, onde enormes quantidades de manteiga são consumidas por pessoa, há uma menor mortalidade por doenças ateroscleróticas e cardiovasculares do que nos Estados Unidos.

No entanto, devemos admitir que a manteiga é rica em ácidos graxos saturados que promovem a arteriosclerose, enquanto outros tipos de gorduras, como óleos leves, são abundantes em ácidos graxos polinsaturados (antiterioscleróticos). Em todo caso, a manteiga, sem dúvida, tem um valor nutricional muito alto, reconhecido pela medicina, especialmente em períodos de crescimento humano: infância e adolescência.

Foi demonstrado que a manteiga intervém na formação das estruturas nervosas da criança, bem como no fígado, células hepáticas e canais biliares, favorecendo a acumulação de colesterol.

Propriedades da manteiga

Reconhecer as virtudes da batata

Na realidade, a investigação moderna deixa claro que os ácidos gordos saturados e, em particular, os ácidos mirísticos, mas sobretudo os ácidos esteárico e palmítico, favorecem a agregabilidade das plaquetas sanguíneas, o processo pelo qual as plaquetas se agrupam e representam o primeiro elo de uma cadeia chamada trombose arteriosa.

Em suma, a manteiga pode ser consumida com alguma liberdade na adolescência (mais do que na infância, pois muitas crianças têm acetona produzida no estômago e no sangue), enquanto na velhice é claramente contra-indicada.

Também deve ser dito que há uma grande diferença entre manteiga crua e cozida e é melhor não usá-la para fritar.

Deixe um comentário