Remédio Natural para a Influenza

Olá, está tudo bem? chamo-me Anna Paula e eu trabalho como gestora em clínica estética Emagrecentro Jabaquara. Eu sou mãe e guru da manutenção física no meu tempo livre. Levo uma vida ativa e muito saudável e sou apaixonada por novos desafios, este artigo é feito para você, aproveite…Hoje nos conversamos sobre remédio natural para a influenza, mas fique ligadinho, logo vai conhecer ainda mais

Remédio Natural para a Influenza

Remédios caseiros para a gripe

A gripe, o que podemos dizer? É um certo vírus que em um determinado momento decide se estabelecer em uma determinada pessoa, e em uma determinada estação. Digamos que a estação preferida é o inverno. Esse vírus, que pode vir de regiões muito distantes, de onde vem seu nome (quem não se lembra da gripe “asiática”?), é extremamente rápido e o período de incubação da doença é muito curto.

Os sintomas são demasiado numerosos e variados para serem listados aqui. Mas a febre está quase sempre presente. Crianças e idosos devem estar muito atentos para evitar possíveis complicações ao nível dos pulmões.

Remédio Natural para a Influenza

Infusões para a gripe

A fitoterapia tem um grande número de “remédios” contra a gripe. Aqui está uma lista:

Infusão de 5 gramas de borragem seca, em uma grande xícara da seguinte decocção: raiz de bardana fresca (50 gramas em um litro de água), “a ser deixado para reduzir pela metade, em fogo baixo”. A infusão obtida a partir desta decocção deve ser tomada 3 vezes ao dia, adoçada com mel. Estes fisioterapeutas aconselham beber esta bebida muito quente e mentirosa. É suposto causar muito suor.

Infusão de casca de canela: faça uma infusão em um litro de água fervente, com 5 a 10 gramas de casca de canela. Filtrar com uma peneira e beber quente a uma taxa de 1 ou 2 copos pequenos por dia, de preferência antes de ir para a cama.

Remédio Natural para a Influenza

Outras soluções

Decocção da verbena: 100 gramas de folhas ou raízes são necessárias. Ferva em um litro de água por cerca de 30 minutos. Deixa arrefecer, depois o açúcar. A dose diária é de 2 a 3 copos pequenos.

Decocção de grãos e pétalas esmagadas de gavanza. Não só favorece o funcionamento dos rins, seja sob a forma de decocção ou de pasta, como também reforça as defesas do organismo contra as doenças mais comuns, entre as quais a gripe é a primeira. Os grãos são triturados e cozidos em água a uma velocidade de 30 a 60 gramas por litro. A decocção deve então ser filtrada através de um pano fino. Quanto às pétalas, elas são picadas e misturadas com uma quantidade tripla de açúcar, até que se forme uma verdadeira pasta.

O médico e botânico Leclerc recomendou uma decocção primaveril (da família das primuláceas): 20 a 30 gramas por litro de água, à razão de 3 xícaras por dia, de preferência adoçada com mel.

  • o alho, esquecemo-nos dele? Mais do que qualquer outra planta, o alho tem qualidades anti-gripe: aqui é simplesmente uma questão de o comer… e porque não?
  • para concluir, se o alho deve ser consumido primeiro, é o alecrim que deve ser tomado depois, em infusão, à razão de 5 a 15 gramas. Favorece uma recuperação precoce.

.

Deixe um comentário