Remédios caseiros para apendicite e asfixia

Hey, pessoal, está tudo em ordem? chamo-me Anna Paula, assumi como supervisora em clínica estética Emagrecentro Jabaquara. Eu sou mãe e guru da manutenção física no meu tempo livre. Tenho uma vida ativa e bem saudável e tem como missão transformar vidas! este blog é feito para você, aproveite…Hoje nos conversamos sobre remédios caseiros para apendicite e asfixia, até mais. ?

Remédios caseiros para apendicite e asfixia

Saiba tudo sobre apendicite

Esta é a inflamação do intestino cego, ou apêndice , localizado no intestino grosso, como uma pequena excrescência do mesmo.

Normalmente, um ataque de apendicite de repente se acende e seu primeiro sinal é dor abdominal severa.

Tais dores não se localizam exclusivamente no local onde se encontra o apêndice. Eles podem se espalhar por toda a barriga, e até mesmo atacar em algum ponto longe do próprio apêndice, como um ato reflexo. Outros sintomas que frequentemente acompanham a dor são tonturas ou náuseas, vômitos e febre alta.

Remédios caseiros para apendicite e asfixia

Tratamento para um paciente com apendicite

Em caso de apendicite, o paciente deve ser colocado na cama, cercado de grande tranqüilidade e tranquilidade, e o médico ou uma ambulância deve ser chamado com urgência. Não dê aos aflitos, sob nenhuma circunstância, laxantes de qualquer tipo, nem mesmo naturistas, nem bebida ou comida.

Remédios caseiros para apendicite e asfixia

Por que ocorre a asfixia?

A asfixia é geralmente causada por obstrução da traqueia superior , devido a algum corpo estranho ou outra causa que impeça que o ar chegue aos pulmões.

Como reação natural, a fim de expulsar a causa da obstrução, o paciente tosse pesadamente. Até que o seu semblante fique ferido por esforço e falta de ar, e ele pode até mesmo parar de respirar.

Remédios caseiros para apendicite e asfixia

Método de tratamento de pessoas com asfixia

Se for um corpo que pressiona a parte externa do pescoço, a pessoa doente deve se livrar rapidamente dele. Quando a causa é um objeto alojado na faringe ou traqueia , pode-se tentar removê-lo com um par de dedos inseridos na garganta da vítima.

Também é possível dar-lhe uma palmadinha bastante forte nas costas, é aconselhável deitar-se o asfixiado, com a cabeça e os braços pendurados. As crianças pequenas são as mais propensas a este tipo de asfixia .  É preferível mantê-los virados para baixo, dando-lhes palmadinhas nas costas.

Finalmente, se o paciente não estiver curado, é necessário ir a um posto de emergência, pois pode ser necessário realizar uma intervenção de emergência.

Deixe um comentário